Conteúdo com causa: a nova mira do Marketing de Influência

By ADS Comunicação Corporativa

Os conceitos de Marketing de Influência já são amplamente conhecidos, seus resultados comprovados e muitas das marcas já incorporaram a estratégia em seu mix de ações de comunicação. Mas, o que era visto como algo ‘simples’ de se construir apenas conectando a figura de um influenciador ao seu produto, marca ou serviço já não é mais suficiente. E a pandemia do coronavírus ainda acelerou e intensificou esse processo de mudança.

Novas tendências para um novo tempo

Já no final de 2019, uma empresa especializada em marketing de influência divulgou um estudo com tendências para este mercado em 2020. Entre os destaques, constava o desafio das marcas em se envolver de forma legítima com os influenciadores e com a comunidade.

A tendência não só se confirmou como ficou ainda mais escancarada após a chegada da COVID-19 no Brasil: para combatermos esse inimigo invisível seria necessário unir forças, principalmente com o uso da informação. Foi então que este senso de responsabilidade chegou ao mercado da influência, com as empresas entendendo e desejando se associar não só mais à figura do influenciador, e sim a um conteúdo relevante e que representa uma causa de valor.

Contra fatos não há argumentos

Na contramão do que se tem vivenciado, um dos acontecimentos que mais exemplificam essa mudança ocorreu com uma das principais representantes justo do segmento de bem-estar. Quem deveria representar e endossar o coro para que a população ficasse em quarentena, isolada e em segurança, acabou perdendo nada menos que estimados R$ 3 milhões em patrocínios após postar fotos em uma festa com amigos em meio à pandemia.

Em compensação, colocou sob holofote influenciadores que se preocupam muito mais em defender causas reais e fomentar debates relevantes, que não se omitem e se posicionam fortemente com opiniões. As conversas passaram a criar grande identificação com o público, gerando engajamento e senso de propósito.

O fim da era da superficialidade

Os consumidores atuais estão cada vez mais exigentes e buscando conexões reais, e já não se convencem mais com o modelo de posts formatados, com quantidade e textos delimitados. Um verdadeiro criador de conteúdo precisa entender como e de qual maneira aquele diálogo vai agregar a seus seguidores.

As comunidades estão se unindo com frequência em torno de causas que avaliam como importantes para a sociedade. O novo desafio das marcas é entrar na conversa de forma legítima, a fim de se aproximarem de seu público de maneira verdadeira. A era da superficialidade já não tinha mais vez – e se tornou quase que execrável em tempos de pandemia.

Resta saber se essa tendência perdurará quando finalmente passarmos por esse momento de incerteza. A única certeza que temos é que as marcas nunca foram observadas tão de perto pelos consumidores e que precisam estar atentas, se quiserem perdurar – seja com influenciadores ou com qualquer outra ação de comunicação.

Venha conversar com a gente!

Preencha o formulário abaixo e conheça mais nosso trabalho.