O conteúdo da sua empresa interessa a alguém?

O conteúdo da sua empresa interessa a alguém?

O conteúdo da sua empresa interessa a alguém?

 

Em uma cena da série televisiva do momento, This is Us, um bem-sucedido pai de família precisa participar do Dia da Profissão na escola das filhas. O problema é que a explicação sobre o que ele faz é um tanto complexa e nem mesmo as filhas conseguem entender.

 

Com a ajuda do pai dele, o profissional descobre uma forma lúdica de tornar a apresentação menos chata e mais efetiva. Apesar de ser uma série ficcional, a história ilustra bem o desafio das empresas, principalmente, na hora de vender um serviço, um produto ou mesmo um conceito. Como torná-lo interessante e transparente?

 

Não adianta gastar horas na produção de um PowerPoint atraente, cheio de gráficos e imagens em alta resolução, e o mais importante não está ali, o conteúdo. E aí chegamos à questão primordial de toda a comunicação: o conteúdo da sua empresa interessa a alguém além de você?

 

Hoje, com as mídias digitais, há muito conteúdo circulando e acessível a todos. Alguns, nem são verdadeiros (fake news). No entanto, o mais fundamental é o quão importante o conteúdo é interessante para o público, para quem vai consumi-lo. Por isso, a necessidade de uma comunicação corporativa efetiva.

 

Muito se falou na morte dos jornais, com a chegada da internet. O mesmo foi falado sobre o rádio, quando a televisão foi lançada. O rádio morreu? Não. E por quê? Pois o conteúdo produzido ainda é relevante.

 

A questão do conteúdo e como ele é entendido é condição fundamental para o sucesso do seu negócio, por isso, uma estratégia de conteúdo relevante bem definida é tão primordial nos dias atuais. Definir o que você vai falar é tão (ou mais) importante que definir onde publicar o conteúdo (Facebook, Twitter, revistas, TV ou YouTube).

 

O trabalho de uma agência de comunicação corporativa é ajudar as empresas a identificar o conteúdo da sua empresa com pesquisas de opinião e definir a melhor estratégia para a propagação desta mensagem. Além disso, é preciso considerar todos os públicos da sua empresa, os stakeholders. Você sabe quem são eles?

 

Se não sabe, é importante procurar saber. Uma empresa precisa falar com os jornalistas, influenciadores, colaboradores, terceiros, fornecedores, sindicatos, associações, entidades de classe, órgãos reguladores, instituições financeiras e uma infinidade de outros públicos.

E o trabalho de uma agência de Relações Públicas engloba todos os públicos relacionados acima, com uma estratégia robusta por trás.

Todo processo de comunicação precisa ser pensado estrategicamente. Ao pensar em qualquer tipo de comunicado, a estratégia precisa estar atrelada ao processo e ao conteúdo. Ou seja: se por acaso você pensar em comunicar sobre uma mudança de endereço, você necessita pensar no impacto não só para os funcionários, mas também para todos os seus interlocutores. O que pode acontecer se um fornecedor não for informado?

 

E um caso de demissão voluntária em massa? O que pode acontecer se os colaboradores souberem primeiro e a informação vazar para a imprensa? Todos esses “senões” são pensados pelo profissional de comunicação. Alguém que cuida da comunicação para você.

 

Quer saber mais um pouco sobre a gente e como podemos estruturar a comunicação de sua empresa?

 

Vamos tomar um café?

adsbrasil