Às vésperas da Copa do Mundo, que tal “linkar” sua marca à torcida?

Às vésperas da Copa do Mundo, que tal “linkar” sua marca à torcida?

Às vésperas da Copa do Mundo, que tal “linkar” sua marca à torcida?

 

Falta pouco mais de um mês para o início da Copa do Mundo FIFA de 2018, que chega à sua vigésima primeira edição. Enquanto as atenções estiverem nas telas e nas redes sociais com o foco na seleção brasileira, as empresas podem e devem buscar oportunidades para aumentar a visibilidade de suas marcas neste importante momento.

 

 

Não estamos falando das empresas patrocinadoras dos jogos. Estas, logicamente, já estão com suas estratégias de marketing e comunicação a todo o vapor. Estamos falando das que não estão neste seleto grupo de anunciantes e patrocinadores e que ainda não despertaram para o que há de mais positivo em época de Copa do Mundo: o clima de otimismo e entusiasmo que reinará no País durante o torneio e que interfere diretamente no ânimo e na disposição dos consumidores de investirem em compras e lazer.

 

 

Cabe às agências de comunicação corporativa ajudarem seus clientes na criação de estratégias específicas para a Copa do Mundo. Toda empresa, de alguma forma, tem relação direta ou indireta com esta paixão nacional que é o futebol. Pense que em meio a tantas notícias negativas – especialmente às relacionadas à política – a Copa do Mundo vem aquecer o sentimento de solidariedade e união em que todos se juntam no mesmo propósito: ver o País sagrar-se campeão da Copa.

 

 

Para relacionar sua empresa a esta causa, recomendamos uma reflexão baseada em algumas perguntas:

 

  • O que a minha marca tem a ver com a Copa do Mundo?
  • Qual será o impacto do resultado dos jogos sobre os hábitos de consumo do meu cliente?
  • Meus concorrentes lançaram alguma ação/produto por ocasião da Copa do Mundo?
  • Se sim, como eu posso ser diferente?
  • Se não, o que eu posso fazer com ineditismo?

 

 

Outro dia, ouvi do proprietário de um espaço para eventos, que ele está fazendo comunicações específicas para levar grupos de conhecidos a assistir os jogos de forma descontraída no seu ambiente, com a locação de um telão. Já uma instituição de ensino poderia estabelecer conexões nas redes sociais entre alunos, pais e professores, por exemplo, para promover discussões sobre resultados dos jogos, desempenho e atitudes dos jogadores etc.

 

 

Uma empresa de alimentação pode realizar uma pesquisa sobre hábitos de compra dos brasileiros durante a Copa e divulgar os resultados na imprensa. Ou que tal criar uma ação de engajamento dos seus colaboradores em função da Copa?

 

 

Se sua empresa acredita que não há tempo hábil engana-se. Nossa agência de comunicação corporativa possui núcleos de atendimento com criatividade e capacidade de planejamento para propor e executar diversas ações nas mídias online e off-line de forma a aproximar sua empresa do mercado neste momento tão favorável.

 

 

Não perca esta oportunidade pois a próxima Copa do Mundo, somente daqui quatro anos !

 


Ingrid Rauscher About the author