Pesquisa revela dados e curiosidades sobre a produção de podcasts

Pesquisa revela dados e curiosidades sobre a produção de podcasts

O Brasil é o 5º no ranking mundial de crescimento na produção de podcasts. Compreender como está sendo produzido o conteúdo e o perfil do consumidor de podcast no país e, consequentemente, como esse formato de conteúdo tem impactado o setor de comunicação, foram os principais fatores que fizeram a media tech Comunique-se a realizar a primeira edição da pesquisa “O mercado de podcasts no Brasil”.

O levantamento, feito entre 24 de fevereiro e 11 de março, escutou cerca de 1.100 pessoas, sendo boa parte composta por profissionais da área de comunicação social e apresentou dados, curiosidades e insights a respeito do tema podcast. De acordo com os resultados obtidos com a pesquisa, cerca de 44,5% já atuam diretamente com esse formato de material, mas as atividades foram impulsionadas recentemente. Isso porque 30% começou a trabalhar com o formato há mais de dois anos. Por outro lado, 70% passou a ter relação profissional com esse tipo de conteúdo apenas nos últimos dois anos.

Sem dúvida, o áudio está conquistando cada vez mais espaço como comprova a ascensão progressiva dos podcasts. Durante a pandemia, o hábito de acompanhá-los ficou tão frequente que o Brasil ocupou o quinto lugar no ranking mundial de crescimento da produção de podcasts.

O modelo passou a ser implantado até mesmo pelas rádios, além de emissoras de televisão e outras mídias. Sua linguagem mais simples, em formato de diálogo, com música tem conquistado cada vez mais a atenção de comunicadores e público em geral.

Os dados obtidos refletem, na visão dos organizadores da pesquisa, que o podcast, no Brasil, já não pode ser considerado “modinha”. Acesse e confira a pesquisa na íntegra: Podcast: pesquisa revela a relação de comunicadores com o formato (comunique-se.com.br) 

Venha conversar com a gente!

Preencha o formulário abaixo e conheça mais nosso trabalho.