Comunicação: O melhor investimento para a sua empresa

conteúdo, comunicação estratégica

Comunicação: O melhor investimento para a sua empresa

 

Em tempos de instabilidade econômica, qual a forma mais eficaz de rentabilizar o seu negócio, trazendo novos clientes? Se existisse uma fórmula, o inventor já estaria rico. Como não há, é preciso uma série de ações para garantir o sucesso da sua operação, seja ela B2B ou B2C.

 

Um dos pilares desse conjunto de ações é garantir uma comunicação estratégica, integrada e efetiva, seja ela para assegurar a continuidade dos negócios ou mesmo para atrair novos clientes e investimentos. Mas, afinal, como se comunicar com os seus diversos públicos? E como garantir uma boa relação com a mídia?

 

É comum ouvir que a primeira área impactada em épocas difíceis é a da comunicação. Não se engane! Empresas que optaram por esse caminho acabaram amargando resultados piores ainda, pois abriram mão de algo fundamental para a sobrevivência do negócio. Um caso que ganhou muita repercussão foi o de uma emissora que decidiu acabar com a área de assessoria de imprensa ou relações com a mídia, voltando atrás pouco tempo depois. O que terá acontecido?

 

É muito simples: todo ser humano precisa se comunicar independente de como o faça. No caso das empresas, independente do tamanho e do negócio, a premissa é a mesma. A empresa precisa falar com funcionários, fornecedores, mercado e até concorrentes. Imagine de uma hora para outra parar de fazer isso?

 

E atualmente há mais playes  nessa equação. Além das relações com as mídias (TV, revistas, jornais, sites e outros), agora existem Facebook, Twitter, Instagram, YouTube outros. As mídias sociais democratizaram o conteúdo, aumentando as possibilidades de comunicação direta com os seus diversos públicos, mas também trouxeram uma necessidade ainda maior de entender o processo da comunicação corporativa como um todo. Você pode ter um LinkedIn da sua empresa ativado, mas sabe realmente o que publicar para fazer o telefone tocar? E quanto ao Facebook? Como lidar com uma reclamação feita no Facebook da sua empresa ou mesmo em sites como o Reclame Aqui?

 

Você conseguiria responder a uma reclamação de forma a não provocar a queda nas vendas de um produto ou na oferta de um serviço? Um caso desses se tornou emblemático e prova a importância das agências de comunicação.

 

Uma jornalista solicitou um táxi por um aplicativo. Durante o trajeto, foi assediada pelo condutor. Indignada com a situação, reclamou para a empresa, que não ofereceu uma resposta de acordo com o esperado. Em seguida, a vítima fez um relato nas mídias sociais, acompanhado de um abaixo assinado. O caso ganhou notoriedade, impactando o serviço da empresa. Por isso, é essencial a relação com a mídia.

 

E qual foi o resultado? A empresa precisou procurar uma agência especializada em gerenciamento de crise reputacional. Em seguida, implantou um sistema que tinha como objetivo coibir o assédio. E acabou tornando-se exemplo para outros e case de comunicação.

 

Todo processo de comunicação e de relações com a mídia precisa ser pensado estrategicamente e de forma orgânica. Ao produzir qualquer tipo de comunicado, a estratégia precisa estar atrelada ao objetivo primordial. Ou seja: se por acaso você quer divulgar um novo produto ou tecnologia, você pretende logicamente vender. Mas, como fazer isso hoje?

 

Quando falamos de mídia, principalmente, é preciso pensar com cuidado. Jornalistas (sejam eles de TV, rádio, revistas, jornal impresso, blogs ou mesmo de um canal de YouTube) precisam de um relacionamento à parte. Aí entra o comunicador. Ele é o responsável por pensar estrategicamente a informação e embalar essa mensagem da melhor maneira para ser entregue ao repórter. Você está preparado para uma entrevista?

 

Se você está pensando em anunciar a chegada de uma nova tecnologia ao País, que vai trazer uma série de benefícios, alguns jornalistas poderão se interessar pela sua informação. Mas, para conseguir êxito, você precisa trilhar um caminho. E esse trajeto passa por um profissional de comunicação e por uma agência.

 

Esse profissional de comunicação corporativa vai criar textos para informar a imprensa (já ouviu falar no Press Release?), os outros interlocutores (Comunicados ou Statements). Vai treinar um porta-voz (Media Training) e também vai pesquisar sobre os melhores jornalistas para cada assunto, descobrindo inclusive o estilo daquele repórter, mapeando se há relacionamento entre você e o jornalista (Media Map). Vai lhe enviar um resumo sobre aquele veículo de imprensa e aquele jornalista (Media Briefing). E depois da entrevista, vai lhe enviar a matéria (Clipping).

 

Pode parecer informação demais, no entanto, é primordial que você entenda que a comunicação não é algo pensado separadamente nas empresas.

 

Grandes companhias já entenderam a importância da comunicação integrada e do bom relacionamento com a mídia e com os outros interlocutores. Tanto que têm departamentos internos para cuidar da comunicação para funcionários e outros stakeholders e ainda contam com o apoio de agências de comunicação para conduzir a chamada comunicação externa ou relacionamento com a mídia, além de outras designações mais sensíveis como Comunicação com Investidores (Relações com Investidores) ou Gerenciamento de Crise.

 

 

Quer saber mais um pouco sobre a gente e como podemos estruturar a comunicação da sua empresa?

Vamos tomar um café?

adsbrasil